m dos destaques do Grêmio na conquista do título da Libertadores, o meia Arthur ficou fora do Mundial de Clubes devido a uma lesão no tornozelo esquerdo, sofrida na finalíssima diante do Lanús. Ausente da delegação gremista nos Emirados Árabes, o jogador participou da transmissão da Rede Globo da semifinal contra o Pachuca e admitiu ter ficado muito nervoso durante o jogo desta terça-feira, vencido pelo Tricolor gaúcho na prorrogação (1 a 0).

– Eu bati na mesa, puxei o cabelo, estava nervoso. Sofri bastante (…) Gritei gol no lance do Edílson (cobrança de falta), que bateu na rede pelo lado de fora. E no lance do Everton, extravasei, levantei da cadeira, gritei gol. O Galvão (Bueno) me olhou meio assustado – disse, rindo.

Lesionado, Arthur comenta classificação do Grêmio para a final do Mundial de Clubes

Lesionado, Arthur comenta classificação do Grêmio para a final do Mundial de Clubes

Arthur elogiou a atuação do lateral Bruno Cortez, que apareceu bem em lances perigosos do time mexicano, mas elegeu Everton, autor do gol da partida, como o melhor em campo.

– Os dois foram monstros em campo. O Cortez defendeu quase tudo lá atrás, e o Everton fez o gol, entrou muito bem. Escolho o Everton pela jogada do gol, que foi muito bonita.

Arthur participou da transmissão de Grêmio x Pachuca na Globo (Foto: Reprodução)Arthur participou da transmissão de Grêmio x Pachuca na Globo (Foto: Reprodução)

Arthur revelou que pensou seriamente em ir para os Emirados Árabes mesmo sem ter condições de atuar. Mas a ideia foi descartada pelo departamento médico do Tricolor gaúcho.

– Cheguei a comprar a passagem escondido, mas quando eu falei (para o médico) que eu ia, ele não deixou de jeito nenhum porque a viagem era muita longa. Mas me senti dentro de campo (na transmissão), com o Galvão narrando, aquela emoção toda. Foi muito legal.

Sobre o adversário na decisão, o jogador admitiu que vai “secar” o Real Madrid na semifinal contra o Al Jazira (Emirados Árabes), nesta quarta-feira.

– Vou tentar dar uma secadinha no Real. Para ficar um pouco menos complicado. No papel, óbvio que a equipe do Real é bem superior. Mas o jogo tem 90 minutos, tem que ser jogado. Qualquer um que passar vai ser complicado.